Objetivos e metas

Objetivos e metas

Como você lida com a definiçao, conquista e manutenção de metas e objetivos?

  • É fácil pra você definir objetivos?
  • Quando você os define, você tem facilidade de conquistá-los?
  • Continua com persistência até conseguir, ou costuma desistir pela metade?
  • E ao conquistar um objetivo na sua vida, é fácil para você mantê-lo, ou custa muito esforço?

Na semana passada eu participei de um treinamento com Tony Robbins, e entre todos os conteúdos que ele compartilhou, e todas as dinâmicas que fizemos, eu tive um insight que foi mais valioso que tudo que aprendi e pratiquei. Aprendi muito, recebi muitas informações novas e estava com muita motivação e energia para colocar tudo em ação. Mas como? O insight que eu tive, foi que para conquistar qualquer tipo de objetivo, seja ele de relacionamento, trabalho, dinheiro, saúde ou superação pessoal, é indispenável a realização de três passos que vou te explicar agora.

1º Ter clareza sobre o objetivo – O primeiro passo para que um objetivo seja alcançado, é conheçê-lo bem. Ao definir um objetivo ou meta, se faça as seguintes perguntas:

  • Eu realmente quero isso?
  • Para quê eu quero isso?
  • Esse objetivo é para satisfazer as expectativas de outras pessoas, ou as minhas próprias?
  • Como será a minha vida quando tiver alcançado esse objetivo?
  • É sustentável?

É muito importante que exista uma consonância entre os seus objetivos e os seus varoles e princípios. E ainda que sejam genuinamente seus, e não para impressionar ou satisfazer a outras pessoas ou até mesmo à sociedade. Se você está trabalhando por algo que não quer de verdade, pare agora! Quando a nossa mente, nossas emoções e nossas ações estão desalinhadas, entramos num ciclo vicioso de insatisfação e vazio gerando um estado de ansiedade que pode até mesmo chegar a uma depressão.

2º Quando já tiver bem claro qual é o seu objetivo, defina uma estratégia – O segundo passo é definir o caminho que te leva até ele, e se for possível colocar uma data limite para havê-lo alcançado. Se faça as seguintes perguntas nessa etapa:

  • Quando vou começar?
  • Por onde vou começar?
  • Quais as alternativas que tenho?
  • Existem segundas opções no caso de algum passo não funcionar?
  • Quais são as ferramentas e habilidades necessárias?

Nessa etapa de definição da estratégia seja flexível, pesquise sobre o tema e deixe fluir a sua criatividade. A flexibilidade é importante para que você não se frustre se algum passo não der certo. Quando utilizamos o GPS do carro para chegar a um determinado ponto, ele nos oferece todas as opções possíveis. E cabe a nós decidir. Dependendo do carro, você pode ir ou não por uma estrada de pedras, por exemplo. Também pode avaliar o tempo que dispõe para chegar. E ainda, se quer ou não pagar pedágio. Se você não é flexivel e tolerante com você mesmo, provávelmente vai se frustrar, chegando até a desistir no primeiro obstáculo que aparecer.

É indispenável se informar sobre o tema. Identifique as ferramentas que você já dispõe e as que ainda não tem. Ao identificar as que não tem, defina se você mesmo vai desenvolver habilidades ou se pode contar com a ajuda de outra pessoa. Se você quer mudar a sua alimentação você não precisa se tornar um nutricionista. No treinamento com Tony Robbins, outra coisa que aprendi foi que é extremamente construtivo formar uma rede de trabalho/conhecimento. Durante os 4 dias de treinamento, além de Tony, participaram mais de 15 profissionais, cada um colaborando com o assunto que dominava. Havía nutricionistas, coaches, um fisioterpeuta, atletas, um ator de Hollywood e até mesmo bailarinos. Nessa etapa indentifique quem pode te ajudar. Você não precisa e nem deve fazer tudo sozinho.

Defina uma data limite e datas para avaliação. Conhecer o ponto que você se encontra e avaliar se as ferramentas utilizadas estão sendo efetivas é crucial para decidir se seguir no mesmo caminho ou mudar. E ainda se é necessário introduzir novas opções ao processo. Lembre-se de ser persistente, mas não ser insistente em estratégias que não estão funcionando.

3º Manutenção – Ao conquistar o objetivo tão desejado você gostaría de mantê-lo não é mesmo? Então defina as ferramentas e estratégias de manutenção. As seguintes perguntas correspondem a essa etapa:

  • O que tenho que fazer para manter o meu objetivo?
  • Disponho das ferramentas e habilidades necessárias?
  • Posso contar com outras pessoas nesse processo?
  • Como será a minha vida se esse objetivo se mantém?

Eu mesma estou no processo de conquista de um objetivo nesse momento. Voltei a praticar esportes e estou mudando a minha alimentação e hábitos. Quero dentro de um tempo que já determinei, ver reultados a nível de saúde física e mental. Também defini um sub-objetivo que é participar de uma corrida. Isso vai me motivar com relação aos objetivos finais por ser uma ação de superação pessoal.

Quando tenha alcançado o estado de saúde que quero e esteja feliz ao olhar-me no espelho, tenho que continuar fazendo uma manutenção desses objetivos para não dar passos pra trás. E nesse momento será necessário definir uma estratégia de manutenção. Que no meu caso se trata de manter uma dieta equilibrada e a prática de exercícios diários. Também está nos meus planos continuar participando de corridas para manter o nível de motivação e energia.

Se você seguir esses 3 passos sendo claro e sincero consigo mesmo será muito mais fácil e prazeroso conquistar os seus objetivos.

Etiquetas: , , , , , , ,

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *